Textos

O NATAL DE UMA CRIANÇA POBRE
O NATAL DE UMA CRIANÇA POBRE

É natal, é natal
Quanta festa, quanta esperança
Vem chegando o tempo
Dia mundial da festança.

É natal, é natal
Tantos festejos, tanta alegria
E para alguns
Pura agonia.

Papai Noel chega
Com ilusões que não tem preço
Mas das favelas ele esquece
Será que não tem o endereço?

Veja, quanto sofrimento
Nos olhos da pequena menina
Que quer só por um momento
A boneca da vitrina.

Pobre mãe triste, desolada
Controla-se pra não chorar
Diz, filhinha, não é nada
Tudo isso vai passar.

É natal, é natal
Uma data realmente nobre
É alegria para os ricos
Tristeza para os pobres.

É natal, é natal
Em comércio transformou
De Jesus Cristo esqueceram
Pois o povo O desprezou.

(Christiano Nunes)

http://www.recantodasletras.com.br/natal/1871933


Interação de Adria Comparini

Oi, Chris, vim ver os seu "mais lidos" e achei essa pérola aqui...lindo poema, parece que é uma música, uma melodia!....

Eu não desprezo Jesus
Com ele muito aprendi
De seu exemplo na Cruz
Nunca eu me esqueci!.

Abraços, Adria.

Obrigado cara poetisa Adria
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 17/10/2009
Alterado em 04/12/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria: Christiano Nunes www.sitedasletras.com.br). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr