Textos

POR ONDE JESUS PASSAVA
POR ONDE JESUS PASSAVA    

(Com base no Evangelho de S. João)

Por onde Jesus passava
Maravilha acontecia
O povo O rejeitava
Porque não O compreendia
Mas todos que nEle criam
Tinham paz e alegria.

Em Caná da Galiléia    
Jesus foi num casamento
E o Seu primeiro milagre
Deu-se naquele momento
Transformou água em vinho
Saciou toda aquela gente.

Teve u’a conversa com um homem
Sobre como nascer de Deus
Era um tal Nicodemus
Um príncipe dos judeus
Salvou uma samaritana
Esta tornou-se um dos Seus.

Na sequência houve uma cura
Do filho de um oficial
Depois curou em Betesda  
Um paralítico tal
E assim em todo o lugar
Fazia sempre algum sinal.

Com cinco pães e dois peixes
Alimentou u’a multidão
Andou sobre o mar bravio  
Disse-lhes: “não temas, não”
Sou eu, Jesus o vosso Mestre
Sobre fé, deu-lhes lição.

Ensinou nas sinagogas  
E no templo a pura verdade
Livrou u’a mulher adúltera
Que já ia ser apedrejada
Curou um cego de nascença
Ao passar por uma estrada.

Ressuscitou o Seu amigo
Morto já há quatro dias
Daquela família abençoada
Trocou o pranto por alegria
Chorou também junto ao túmulo  *
Pois tristeza Ele sentia.

Até hoje posso sentir
O perfume da Sua unção  
Derramado por Maria **
Num gesto de adoração
E assim Jesus prosseguia
Até o fim da Sua missão.

(Christiano Nunes)

* Jesus chorou – João 4: 35 (É considerado o menor versículo
da Bíblia Sagrada, na tradução em português)

**Maria irmã de Lázaro e Marta


Linda interação de Adria Comparini. Obrigado, cara poetisa.


SEDE

Sempiterno
Amor eterno
Diáfano
Infinito...

Tenho sede
De amor eterno
De perdão
De compaixão.

Então grito!

-Sou Samaritana
À beira do poço
Já não sou puritana
Saio de meu arcabouço.

Ouço...

Longe tua voz
Vem veloz
Meu Senhor!

Mata minha sede
Essa eterna
E por ti somente
Perene.

Sede de amor!

Sempiterno
Amor eterno
Diáfano
Infinito!

E então, a resposta
Deste meu grito
Vem do Imenso,
Poderoso infinito:

-Faça jorrar sua fonte
Aquela que está
Junto da sua prece
Em minha fronte.

-Perdão, compaixão
Amor Infinito, contrito.

-Faça jorrar Meu Amor.

Bendito!

/// Adria T. C. comparini///Chris, encontrei o poema que estava procurando, espero que o aceite, como interação. Abraços, Adria.
Para o texto: POR ONDE JESUS PASSAVA (T3186556)


Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 28/08/2011
Alterado em 27/10/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (www.christianonunes.no.comunidades.net). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr