Textos


 
REFRIGÉRIO DA MINH’ALMA
 
Sincero sou quando falo
Quero ouvi-la, senão me abalo.
 
Ai, que saudade malvada
Mais e mais quero minha amada.
 
O seu amor que me acalma
Meu acalanto, refrigera minh’alma.
 
(Christiano Nunes)
 
 

Criação de Rosa das Oliveiras
http://www.recantodasletras.com.br/tutoriais/5204878
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 30/07/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (www.recantodasletras.com.br/autores/chrisnunes). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr