Textos


Imagem do Google

RABISCOS QUE VALEM OURO
 
Andamos munidos de caneta e papel
Rabiscamos e rascunhamos
Enquanto aguardamos, aguardamos e aguardamos
 
Aguardamos:
O médico
A nossa chamada para consulta
O exame
O ônibus...
O trem... a condução.
 
Rascunhamos e rabiscamos
Pedaços de poesias brotam
Rabiscos valiosos
Rabiscos que valem ouro
Rabiscos riquezas
Rabiscos de escritos
Muitas vezes selados com tristeza
Borrados com pingo de lágrimas
Às vezes impulsionado
Por uma graça recebida
Por um carinho que não esperamos
Rabiscos por momento de raiva e revolta.
 
Enfim, rabiscos e mais rabiscos
Rabiscamos e rascunhamos
Rabiscos que valem ouro...
Muito mais que ouro...
 
(Christiano Nunes)
 
 

Republicação. Postado a primeira vez no Recanto das Letras em 26/07/2010.  – Está no nosso livro Expressões da Alma.

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 09/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr