Textos


Foto da nossa autoria

REGISTROS POÉTICOS
 
No amanhecer, no frescor da alvorada
Ouço o som bonito da passarada
Mas está na hora de eu pegar a estrada
Contemplo logo a beleza da serra
São as riquezas que há na nossa Terra
Muito ajudam na minha caminhada.
 
A natureza sua lindeza espalma
Tudo isso ajuda a alegrar a noss’alma
U’a maravilha que muito me acalma
Vejo no caminho tanta neblina
Tal qual um poeta ninguém domina
Nessa hora a inspiração lhe bate palmas.
 
Vou para onde o vento me levar
Sei que lá também posso poetizar
Me assento e vou ouvir a bulha do mar
Depois volto de lá mui satisfeito
Com a poesia gravada no meu peito
Só resta decorar e recitar.
 
(Christiano Nunes)

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 07/09/2017
Alterado em 07/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr