Textos


NUNCA SAÍ DO BRASIL
 
Nunca saí do Brasil 
Exceto no Paraguai
Nosso país varonil
Não fui nem no Uruguai
Na vizinha Argentina
Estive bem rapidinho
Porque ali era caminho
Que pela fronteira vai.

 
Em breve se Deus quiser
Vou escolher algum país
Farei isso num dia qualquer
O que o meu ser sempre quis
Embarco nalgum avião
Pego a mala e me mando
Voltarei mas não sei quando
Ficarei muito feliz.
 
Vou para a Itália, quem sabe?
Conhecer o coliseu
Mesmo que em choro eu desabe
Pois ali os filhos de Deus
Foram mortos pelas feras
Ordem do monstro romano
Um imperador tirano
O diabólico ateu.
 
Mas tenho um principal sonho
É onde mana leite e mel
Essa bênção me proponho
E serei mui bem fiel
Terra dos antepassados
Um lugar muito abençoado
É um povo separado
Terra santa, Israel.
 
(Christiano Nunes)
 
 
Inspirado no cordel do poeta
George Gimenes
 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 20/02/2018
Alterado em 20/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr