Textos


Imagem do Google

FIZ PRA ELA UMA SERENATA
 
Passei na frente da tua residência
Sei que tu estavas bastante ocupada
Não suportando mais a tua ausência
Quis te saudar com mensagem cantada.
 
Esperei pela noite e o luar de prata
Peguei meu violão e saí à luz da lua
Sem ensaiar fui cantar u’a serenata
Cantei bem na frente da janela tua.
 
Versos foram mais ou menos assim
Vem querida, vem logo na janela
Saíste tal qual uma deusa pra mim
Mais que tudo tu estavas mui bela.
 
Sorrindo para mim parecia um sonho
Cabelos despenteados esvoaçantes
Eu feliz também estava risonho
Nós dois ali, lindo casal de amantes.
 
(Christiano Nunes)
 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 19/03/2018
Alterado em 19/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr