Textos


Imagem do Google

PRESENTE  DA NATUREZA
 
Ao longe contemplo belas montanhas
Enfumaçadas na linha do horizonte
As suas grandes belezas são tamanhas.
 
Sinto no meu rosto a suave brisa
Cheiro de relvas eu fico a inalar
Naquele instante minh’alma poetiza.
 
No pé da serra um caudaloso rio
A serpentear com as suas limpas águas
Para a poesia é um bom desafio.
 
Presente da natureza que eu ganho
Um imenso privilégio que tenho
Os mui belos cenários eu acompanho.
 
(Christiano Nunes)
 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 27/03/2018
Alterado em 27/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (www.recantodasletras.com.br/autores/chrisnunes). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr