Textos


Imagem do Google

VOU PRA COCHINCHINA

Não sei ainda pra onde vou
Pra algum lugar longe daqui
Determinado eu estou
Deixar saudades aqui.

Quero ver se há alguém
Que m’a falta vai sentir
Eu irei bem mais além
E nada vai me impedir.

Talvez eu vá para a Itália
Comer frango com polenta
Tentar ganhar u’a medalha
Algo a gente lá inventa.

Ou para França, em Paris
Provar o tal de caviar
Se for bom eu peço bis
Conheço de ouvir falar.

Posso até ir para China
Para algum lugar irei
Acho que vou pra Cochinchina
Pois lá sou amigo do rei.

(Christiano Nunes)




Linda interação de   Ahavah

Chris, você nem sabe para onde ir,
Então fica nessa indecisão,
é melhor você ficar por aqui
Nesse lindo Brasil nosso chão! .

Olha, Se lá fora fosse assim tão bom
Aqui não havia estrangeiros,
Se você for, vai ter dois trabalhos
Um pra ir, outro pra voltar ligeiro, rs.

Deixa Pasárgada pra Manuel Bandeira,
A Italia, com seus macarrones,
A França, com seu delicioso caviar
E a Cochinchina, é muito longe!.

Mas Se o Brasil está desgostoso
Por causa dessa vergonhosa politica
A gente manda eles embora,
E acaba logo com essa briga!

Ah, Se eu fosse você não iria,
Vamos ficar com saudades
E nesse recanto de poesia
Todos querem sua amizade! 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 23/08/2018
Alterado em 29/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr