Textos


Imagem do Google

AH! A LUA
 
Lua dos namorados e dos poetas
Uma lindeza sem comparação
Contigo saem belas poesias seletas
Que vêm do profundo do coração
Ao te ver, ó lua, minh’alma se aquieta
Recebe uma mui grande inspiração
Atinge-nos como abençoada seta
Não importa se na cidade ou sertão
Poetas e poetisas tu acertas
Maravilha tal qual doce canção.
 
Ah! Lua! És tão esplêndida, tão bela
Dentre outras belezas, incomparável
Em versos tento u’a aquarela
Até parece um sorriso agradável
Alma e coração a ti todos atrela
Mas de uma maneira bastante afável
Feliz te contemplo pela janela
Sinto meu pobre ser bem confortável
Dos enamorados és sentinela
E também nossa eterna musa amável.
 
(Christiano Nunes)

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 01/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr