Textos


Imagem do Google

MEU BEZERRINHO
 
Tenho um bezerro amarelo
Que ganhei do meu avô
Um terneiro muito belo
Lá do sítio do vovô.
 
Eu vou, eu vou, ah! Se vou!
Eu vou, no sítio do vovô.
 
O animal é sem-vergonha
Gosta muito de carinho
Às vezes parece bisonho
Mas é esperto o boizinho.
 
Eu vou, eu vou, ah! Se vou!
Eu vou, no sítio do vovô.
 
A vaca mãe do bezerro
Abriu mão do filhotinho
Cometeu um grande erro
Nunca mais lhe deu carinho
Pobrezinho do boizinho
Terneirinho bonitinho.
 
Eu vou, eu vou, ah! Se vou!
Eu vou, no sítio do vovô.
 
(Christiano Nunes)
 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 12/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr