Textos


Imagem: Loiro by Platinum

BAITA LOIRAÇA 
 
Uma menina eu gostava
Parecia que até amava
Pra mim ela nem olhava
Eu só ficava a me babar
Da loira não tirava o olhar
Bem discreto olhava lá
Isso era coisa de piá
Por ela me apaixonar.
 
Ela era cheia dos cobres
Eu um gurizinho pobre
Mas na honestidade nobre
Tudo pra mim muito lindo
Andava sempre sorrindo
Tinha ela muito dinheiro
O pai rico e fazendeiro
Era um vil desejo infindo.
 
Tudo na vida passou
Ela cresceu e se casou
Baita loiraça se formou
Era coisa de criança
Bobeira da nossa infância
Cada qual seguiu seu lado
Ficou a marca do passado
E foi-se embora a esperança.
 
(Christiano Nunes)

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 24/11/2018
Alterado em 25/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr