Textos


Imagem: www.segfoco.com.br

PAI, UM HERÓI SEM MEDALHAS
 
 U’a figura muito pouco lembrada

De importância quase desconhecida

Mas sem a tal, ninguém viria à vida
Criatura por demais abençoada.
 
Quando pode pelos filhos constrói
Algo durável para o seu futuro
De sol a sol o pai trabalha duro
Sem medalhas, mas verdadeiro herói.
 
Os filhos deveriam beijar seu rosto
Honrá-lo e respeitá-lo no dia a dia
Fazer isso sempre com muito gosto.
 
Pena que nem sempre é alegria
E no segundo domingo de agosto
Comemoramos seu abençoado dia.
 
(Christiano Nunes)



O soneto acima é uma republicação. Publicamos aqui a primeira vez agosto / 2014

 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 11/08/2019
Alterado em 11/08/2019


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr