Textos


Imagem: Loiro by Platinum

A LOIRAÇA DA ESCOLA
 
Uma menina eu gostava
Mas sequer ela sabia
Disfarçadamente a flertava
Seu olhar pro outro lado ia.
 
Ficava só observando
Parecia que até a amava
Onde ia eu ficava sondando
O seu corpo admirava.
 
Mas isto nem desconfiava
Devaneio de poeta
Pra mim ela nem olhava
Ou talvez fosse discreta.
 
Sei que era uma loucura
Certeza, não ia rolar
Com o tempo tudo cura
Só ficava a me babar.
 
Da loira não tirava o olhar
U’a paixão de adolescente
Nem chegava conversar
O medo era crescente.
 
Muito tímido e medroso
Bem discreto olhava lá
Disfarçado mas receoso
Tudo era coisa de piá.
 
Ficou mesmo na lembrança
Sem piedade o tempo passa
Oh! Meu bom tempo de criança
Onde anda a tal loiraça?
 
 
(Christiano Nunes)
 
 
Inverno / 2020
 
 

 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 26/06/2020


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr