Textos


Imagem do Google

O SABIÁ NO GALHO DO PINHEIRO
 
 
Da minha janela ouvi
Lindo canto do sabiá
No galho do pinheiro vi
A avezinha faceira lá.
(Autor: Jacob Aprendiz)

GLOSA

 
Da minha janela ouvi
Belos sons da natureza
Logo, logo eu percebi
Que a vida é uma lindeza.
 
Ao lado do pé de amora
Lindo canto do sabiá
Poesia se fez sem demora
Encanto aqui e acolá.
 
Admirado estava ali
Com seu bonito cantar
No galho do pinheiro vi
Seu canto suave assobiar.
 
Um presente natural
Maravilha igual não há
Mexeu com meu emocional
A avezinha faceira lá.
 
(Christiano Nunes)
 
 
Inverno / 2020
 
Christiano Nunes
Enviado por Christiano Nunes em 12/07/2020
Alterado em 13/07/2020


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr